Resenha: Verme! - Jim Carbonera



Título:  Verme!
Autor: Jim Carbonera
Editora: Boêmia Urbana
Número de Páginas: 192


                                     
 Segue a Sinopse abaixo.

Entre o fictício e o real, Rino Caldarola narra em primeira pessoa suas desventuras e desatinos em Porto Alegre, sua cidade natal. Inconformado pela escassez de inspiração e à procura de um lugar ao sol no cenário literário brasileiro, o protagonista é o reflexo das desilusões e dos anseios que atormentam uma sociedade cada vez mais conturbada e contraditória.

Com uma narrativa insolente e exasperada, Rino constrói e defende seu espaço pessoal utilizando-se de ironia, arrogância e de um erotismo cru. Busca desvencilhar-se de sua mãe coruja e do seu bairro que outrora fora de classe média, mas agora se elitiza em nome do progresso. E, principalmente, luta para desembaraçar sua paradoxal maneira de pensar e ver o mundo. 

                                        Resenha :
Rino é um escritor que sonha em ser reconhecido assim como todos os outros escritores. Conseguiu públicar seu primeiro livro de contos que pode ser considerado um B-side book, pelo fato do conteúdo ser violento e pornográfico. Rino tenta escrever um romance há quase dois anos, só que, sua inspiração não tem andado tão boa. Acho que por sua personalidade de escrever as coisas como elas realmente são.

Algumas mulheres passaram por sua vida, mas não conseguem o prender, até ele conhecer uma linda ruiva... bom, se entrar muito em detalhes irei dar spoiler, então melhor não.

É uma leitura fácil de se desenrolar, confesso que em alguns trechos cheguei a me assustar um pouco com a pureza em que a história é narrada, e com o jeito do Rino também.

Taí um estilo de pessoa que eu gostaria de conhecer um dia, um cara que gosta da verdade, sem mimimi, um cara que não ilude mulher nenhuma.

Super recomendo este livro, ele é ótimo, viciante. A pessoa começa a ler e vai se encantando com o modo do Rino ver a vida, e vai querendo saber o que vai acontecer com o desenrolar da história.

Enfim. Jim, parabéns por sua obra, o Rino é meio assustador, mais ao mesmo tempo safado. Se algum dia eu tivesse a honra de conhecê-lo, a única coisa que falaria para ele seria a seguinte frase:





- Rino Caldarola, VOCÊ É O CARA... SOU SUA FÃ.

Cris.
Abraços!

4 comentários

  1. Aeeee.... Cris!!! Primeira resenha, parabéns!!
    e a propósito, super recomendo o livro, bom de mais!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela sua primeira resenha. Resenha boa não é aquela que conta até quantos passos o personagem deu... é aquela que instiga a gente, e esse é o seu tipo de resenha. Parabéns mais uma vez ♥♡♥♡♥♡

    ResponderExcluir